Conheça os três filiados eleitos para a Comissão Eleitoral

Os filiados do SITRAEMG Sander Pereira Soares (JF/Divinópolis), com 138 votos; Débora Melo Mansur (TRT/BH), 132 votos; e Henrique Olegário Pacheco (TRT/BH), 116 votos, foram eleitos, na Assembleia Geral virtual realizada na tarde/noite deste sábado (24/10), para integrarem a Comissão Eleitoral que conduzirá as Eleições SITRAEMG/2020, pleito que definirá a Diretoria Executiva e os integrantes do Conselho Fiscal do Sindicato para o triênio 2020/2023. Por consenso entre os participantes da assembleia, Sander, o mais bem votado, presidirá a Comissão.

Os três eleitos se juntarão aos colegas que vão representar as duas chapas concorrentes à Diretoria Executiva: Moisés Pinho da Silva (TRE/BH) foi indicado hoje mesmo pela chapa “Liberta SITRAEMG”; já a chapa “Vanguarda” preferiu deixar para definir seu representante até a manhã de segunda-feira (26/10), prazo-limite fixado pela atual Diretoria Executiva, para que o trabalho da comissão se inicie o mais rápido possível, tendo em vista que a votação no atual pleito se dará de forma diferente da tradicional, por meio eletrônico, entre as 10h do dia 30 de novembro e as 12h59min59seg do dia 07/12, conforme previsto no Edital de Convocação publicado em 2 de setembro.

Também se candidataram, para a Comissão Eleitoral, os filiados Enilson Antônio Fonseca (JF/BH), que obteve 44 votos; Paulo Roberto Dias (JF/Sete Lagoas), 38; e Osmar Souto Ferreira (TRE/João Pinheiro), 16. Eles ficarão na suplência, para eventuais substituições de titulares.

Transtornos da era virtual

A assembleia geral de hoje teve como integrantes da mesa os coordenadores do Sindicato Carlos Humberto Rodrigues, Célio Izidoro e Wallace Marques. Ao longo dos trabalhos, que duraram quase cinco horas, os condutores da mesa, e funcionários do Sindicato que atuaram na retaguarda, tiveram que lidar com constantes quedas de conexão da internet. A princípio, eles iam ficar na sede da entidade. No entanto, com o tempo bastante chuvoso em Belo Horizonte, na última hora caiu o acesso. Eles tiveram que ir correndo para o Hotel Normandy, onde o SITRAEMG realiza eventos frequentemente. Mas, também lá, o acesso oscilou bastante, obrigando coordenadores e funcionários a se superarem.

No final das contas, mesmo com os percalços também entre os filiados, que ingressaram na assembleia a partir de suas residências, deu tudo certo. E os coordenadores do Sindicato agradeceram os colegas pela paciência diante dos transtornos ocorridos. Ao longo da assembleia, eles também esclareceram que a Relatasoft, empresa responsável pela plataforma virtual por meio da qual foi realizada a assembleia e por toda a parte técnica das Eleições SITRAEMG/2020, é uma das mais conceituados do mercado na condução de eventos virtuais e eletrônicos, pois oferece segurança em todo o pleito e possibilita posterior auditoria, inclusive disponibilizando os dados e a gravação de todas as falas. Em resposta a pedidos de alguns participantes para que a assembleia fosse suspensa, em razão dos transtornos, o coordenadores da mesa apelaram para compreensão dos mesmos e defenderam a conclusão da votação hoje mesmo, diante da exiguidade de prazos, pois as eleições do Sindicato já deveriam ter sido realizadas, tendo sido adiadas em razão da pandemia do novo coronavírus. Os coordenadores também agradeceram a participação de todos e desejaram sucesso à Comissão, lembrando que o Sindicato dará todo o suporte para que ela realize seu trabalho com tranquilidade e correção.

Membros eleitos da Comissão
(imagens em print screen, a partir da tela do computador)

Foto 013
Sandro Pereira Soares
Foto 009
Débora Melo Mansur
Foto 007
Henrique Olegário Pacheco

Participantes também ouviram explicações sobre direito de greve e a Reforma Administrativa

Na assembleia geral extraordinária (AGE) virtual realizada pelo SITRAEMG nesse sábado (19/09), antes de se iniciarem as votações para a eleição de delegados e observadores para a reunião ampliada da Fenajufe do próximo dia 10 de outubro e sobre a adesão da categoria à greve sanitária do serviço público (mais informações AQUI), houve informes gerais e exposições sobre Direito de Greve, com o advogado Daniel Hilário, da Assessoria Jurídica do Sindicato, e sobre Reforma Administrativa, com Vladimir Nepomuceno, assessor e consultor de entidades sindicais e sócio da Insight Soluções e Assessoria.

Confira a íntegra da gravação da AGE, no Youtube

O advogado do SITRAEMG lembrou que não existe uma lei de greve específica para o serviço público. Com esse vácuo legislativo, os movimentos paredistas dos servidores se orientam pela lei  nº 7.783/1989, que regulamentou o direito de greve para os trabalhadores da iniciativa privada, mais algumas determinações oriundas do Supremo Tribunal Federal. Só que a greve sanitária é um pouco diferente, pois não prevê a paralisação dos serviços. Em razão da ausência de condições para que desempenhem suas funções presenciais com segurança, os servidores se recusam a comparecer aos locais de trabalho, mas continuando a realizar os serviços em regime de teletrabalho. Nesse caso, a greve é uma forma encontrada para mostrar aos tribunais que não se sentem seguros para retornar ao local de trabalho ou mesmo atuar nas ruas, como é o caso dos oficiais de justiça, diante da insuficiência de equipamentos de proteção individual (EPIs) para todos e da possibilidade de se exporem a grandes aglomerações e serem contaminados pelo novo coronavírus. E quando não é possível o teletrabalho, há meios alternativos de prestação dos serviços. Os sindicatos, explicou o advogado Daniel Hilário, têm mostrado isso, mas os tribunais não têm atendido.

Ainda com relação à greve sanitária, ele informou que o próprio Tribunal Superior do Trabalho já  reconheceu a desnecessidade do cumprimento dos requisitos da lei 7.783/89 quando é mantido o teletrabalho. Mas o Jurídico do SITRAEMG entende que devem ser cumpridos, para que a greve não seja julgada ilegal, e também porque a decisão vem do TST, que julga casos trabalhistas apenas da iniciativa privada. Não havendo como o servidor realizar os serviços por teletrabalho, o jurídico chama a tenção para o fato de que pode haver desconto do salário, embora a compensação pode ser posteriormente negociada. E que, no caso de servidores da Justiça Eleitoral, é possível que, em razão da grande importância dada às eleições, a greve seja declarada ilegal. De qualquer forma, como informou o coordenador geral do Sindicato Carlos Humberto Rodrigues durante a assembleia, Diretoria Executiva e Assessoria Jurídica vão se reunir esta semana para passarem à categoria todas as orientações a respeito da greve.

Governo quer “atropelar” os servidores

O palestrante Vladimir Nepomuceno afirmou que, dentro do objetivo de desmontar os serviços públicos, para transferi-los para a iniciativa privada, o governo está determinado a “atropelar” os servidores, que são de fato quem “carrega” o Estado. E na defesa desse projeto nefasto incluem-se também a maioria dos parlamentares (federais, estaduais e municipais), governadores, prefeitos e partidos políticos, além de todos os grandes grupos de mídia. Para atingir esse objetivo, utilizam dois discursos: para o público em geral, demonizando os servidores, dizendo que são ineficientes e que ganham altos salários, consumindo a maior fatia do orçamento; e para os próprios servidores, garantindo que as mudanças administrativas propostas não vão atingir os atuais servidores.

No entanto, alertou Nepomuceno, vai atingir sim. Destacando vários pontos da reforma, ele avisou que será utilizada a seguinte estratégia para alcançar êxito: aprovar agora a PEC 32/2020, com as linhas gerais das mudanças, aproveitando a baixa pressão da população sobre os congressistas em razão da pandemia do novo coronavírus, deixando para depois das eleições a votação da segunda e terceira fases do conjunto de propostas (veja AQUI), com as mudanças mais aprofundadas, porém através de proposições de leis que exigem quóruns inferiores de votação. A própria PEC 32 já vem com uma “armadilha”, com a modificação de um artigo da Constituição Federal que permitirá a regulamentação da avaliação de desempenho (que prevê praticamente o fim da estabilidade do funcionalismo), prevista para a segunda fase, através de projeto de ordinária (que requer a maioria simples dos votos do plenário) e não mais por projeto de lei complementar, que requer a maioria absoluta dos votos (metade mais um do total de parlamentares, nas duas casas do Congresso). Outra estratégia é fundir as PECs 186 e 188, de 2019 (ou PECs Emergencial e do Pacto Federativo), que já estão no Senado e prevêem um estrago nas carreiras, e até redução salarial, para aprovação imediata. Paralelamente, nos bastidores da política é articulada a manutenção do próprio Bolsonaro ou mesmo a eleição de um neoliberal de fato, em 2022, para garantir a aplicação total das mudanças administrativas que forem aprovadas.

Os coordenadores do SITRAEMG lembraram que o Sindicato vem se mobilizando contra o desmonte dos serviços públicos desde que começaram a surgir as ameaças nesse sentido, articulando-se no Congresso, por exemplo, contra o PLS 116/2017 e o PLP 248/1998, que tratam da Avaliação de Desempenho, e o chamado Plano Mais Brasil (CPECs 186, 187 e 188/2019). A entidade se reforça nessa luta apoiando e participando ativamente das atividades da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, que reúne mais de uma centena de deputados e senadores investidos do propósito de defender os serviços públicos e os servidores. O SITRAEMG também já está preparando a retomada, com bastante vigor, da campanha de valorização do servidor, iniciada no começo da atual gestão, agora também contra a Reforma Administrativa.

Servidores elegem delegados para Ampliada da Fenajufe e aprovam adesão à Greve Sanitária

Em assembleia geral extraordinária (AGE) virtual realizada na tarde/noite deste sábado (19), filiados do SITRAEMG elegeram os 09 delegados e 04 observadores que representarão o Sindicato na reunião ampliada da Fenajufe Extraordinária e Virtual, convocada para o dia 10 de outubro, das 9h às 10h, em plataforma a ser definida e informada pela Federação via e-mails e whatsapps dos eleitos (confira a Convocatória AQUI).

Sem título 2

Com três chapas concorrentes, e de acordo com o critério da proporcionalidade, a Chapa 2 (PJU contra Reforma), que obteve 46 votos (48,42%), elegeu 04 delegados (Marco Antônio Paiva Nogueira Júnior-JF, Paula Drumond Meniconi-TRT, Juliana Santana Rick-JF e Flotilde Conceição Lacerda Lage-JF) e 02 observadores (Sônia Maria Peres de Oliveira -aposentada TRT – e Guilherme Martins Araújo-JF); a Chapa 1 (Vanguarda) conquistou 34 votos (35,79%) e elegeu 03 delegados (Lourivaldo Antônio Duarte – JF, Carlos Wagner Melo Franco -TRT- e Davi Ernesto Landau Rubbo-TRT) e 01 observador (Edmilson Alves do Nascimento-JF); e a Chapa 3 (Integração) recebeu 15 votos (15,79%), elegendo 02 delegados (Wallace Marques Coelho-JF e Elimara Cardoso Bernardes Gaia-TRT) e 01 observador (Adriana Maria de Souza Mesquita-TRE).  Os demais inscritos ficam na suplência, para substituir outro colega da respectiva chapa, se necessário, seguindo a ordem de inscrição (veja a lista completa da três chapas inscritas e respectivas votações).

Na mesma assembleia, servidores do PJU, filiados e não filiados, aprovaram a proposta de adesão à greve sanitária – em razão da retomada do trabalho presencial nos tribunais com a pandemia do novo coronavírus com números ainda elevados de contágio e morte por Covid-19 – fora aprovada em âmbito nacional na última reunião ampliada e ficou para que os sindicatos filiados decidissem com suas respectivas bases. Dos 71 votantes, 36 votaram a favor da proposta, 24 contra e 11 se abstiveram. Mas, atenção. Por se tratar de uma greve inteiramente atípica, bem diferente das anteriores, o coordenador geral Carlos Humberto Rodrigues informou que o Sindicato ainda buscará as devidas orientações com sua Assessoria Jurídica e providenciará os trâmites jurídicos necessários, e, a partir daí, passará todas as orientações corretas à categoria.

Todos à luta contra o desmonte dos serviços públicos

Ao falarem para os colegas em defesa de votos para suas respectivas chapas, Davi Landau, da Chapa Vanguarda, lembrando que a categoria tem um histórico de luta e que tudo que conquistou foi com greve, disse que, diante da grande ameaça da destruição do serviço público com a proposta de Reforma Administrativa do governo, é possível sim, dialogar e mobilizar a categoria para esse enfrentamento e construir um calendário de luta; Marco Antônio Paiva, da Chapa PJU contra Reforma, defendeu que os servidores do Judiciário Federal busquem a mobilização da base e a construção da unidade, inclusive com outras categorias do serviço público também das esferas estaduais e municipais, pois a reforma atingirá todo o funcionalismo. Pela Chapa Integração, falaram três filiados: o coordenador do Sindicato Wallace Marques conclamou a categoria a se unir e a fazer de tudo pela derrubada da proposta de desmonte do serviço público; Elimara Gaia, também coordenadora, afirmou que os servidores não aceitam quaisquer propostas de retirada de direitos, mesmo que para isso seja necessário fazer uma “grande greve”; e Antônio Oliveira Campos, também favorável a uma greve, que seria “contra o governo”, ressaltou a necessidade de a categoria iniciar logo os contatos com deputados e senadores, em uma luta intensa, de “vida ou morte”. Além disso, o SITRAEMG realizará uma campanha de valorização do servidor e contra a Reforma Administrativa.

Ainda da direção do Sindicato, também participaram da assembleia os coordenadores Célio Izidoro e Paulo José da Silva, que inclusive conduziram os trabalhos ao lado de Carlos Humberto, e Hélio Diogo. Do Conselho Fiscal, estiveram Paula Meniconi, Isaac Lima e Lindon Johnson. Antes de se iniciarem as votações, houve informes gerais e exposições sobre Direito de Greve, com o advogado Daniel Hilário, da Assessoria Jurídica do Sindicato, e sobre Reforma da Previdência, com Vladimir Nepomuceno, assessor e consultor de entidades sindicais e sócio da Insight Soluções e Assessoria.

Assembleia neste sábado (19/09) elegerá delegados e observadores para reunião ampliada da Fenajufe

Edital de Convocação – Assembleia Geral Extraordinária

O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais  – SITRAEMG – por meio de seus Coordenadores-Gerais abaixo qualificados, em conformidade com as previsões contidas nos Artigos 13 a 16 do Estatuto da Entidade e em consonância com o disposto na Lei Federal nº 14.010 de 10 de junho 2020, que dispõe sobre o Regime Jurídico Emergencial e Transitório das relações jurídicas de Direito Privado (RJET) no período da pandemia do coronavírus (Covid-19), convoca todos os servidores e servidoras Poder Judiciário Federal do Estado de Minas Gerais, filiados(as) ou não, para participarem da Assembleia Geral Extraordinária Virtual, no dia 19 de setembro de 2020, às 14 horas em primeira chamada, e às 14h30 em segunda e última chamada, a ser realizada na plataforma virtual Google Meet, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta:

  1. Informes gerais e exposições jurídicas sobre Direito de greve – Dr. Daniel Hilário (14h40 às 15h10)
  2. Informes gerais e exposição sobre Reforma Administrativa – Wladimir Nepomuceno (15h10 às 15h40)
  3. Deliberar sobre adesão à greve Sanitária, aprovada na última reunião Ampliada da FENAJUFE – poderão votar todos os servidores e servidoras presentes via manifestação no chat da plataforma em momento oportuno conduzido pela mesa (15h40 às 16h)
  4. Eleição de até 09 (nove) delegados(as) e até 04 (quatro) observadores(as) para participarem da Reunião Ampliada da FENAJUFE Extraordinária e Virtual (obedecendo critérios da convocatória da Federação), prevista para ser realizada no dia 14 de outubro de 2020, de 9 horas às 20 horas , em plataforma a ser definida e informada pela Federação via e-mails e whatsapps dos eleitos. A eleição dos delegados(as) e observadores(as) será realizada pelo critério de proporcionalidade, por meio de inscrições prévias de chapas em formulário próprio (disponível para baixar AQUI) e encaminhadas para o e-mail secretariapolitica@sitraemg.org.br, até as 14 horas do dia 19 de setembro/2020, impreterivelmente. Havendo mais de uma chapa concorrente, a votação será realizada no sistema próprio do SITRAEMG (sitraemg.sindicalizi.com.br/loginassociado/loginporsenha, cujo acesso será por meio de senha específica – veja orientações abaixo). A proclamação dos eleitos seguirá o critério da ordem numérica crescente apresentada no formulário de inscrição das chapas, sendo os primeiros colocados eleitos delegados, seguidos dos observadores e demais como suplentes, sempre obedecendo o critério da proporcionalidade.Observação: poderão participar como candidatos e eleitores somente servidores e servidoras filiadas ao SITRAEMG (16h ao término com a proclamação de eleitos)

Com o propósito de assegurar a participação, lisura e segurança, todos os servidores, filiados ou não, deverão atender à seguintes solicitações e recomendações:

  • solicitar o link para acessar a plataforma Google Meet (local da AGE) pelo-email igor@sitraemg.org.braté às 10 horas do dia 19 de setembro de 2020. Imprescindível informar nome completo e CPF.
  • O link para acesso à plataforma será encaminhado ao solicitante pelo mesmo e-mail utilizado para fazer se inscrever.
  • A votação para deliberar sobre Greve Sanitária será realizada via chat da plataforma Google Meet mediante manifestação do participante em momento oportuno e orientado pela mesa. Poderão se manifestar todos os presentes, filiados ou não.
  • A senha – exclusiva para filiados e filiadas – para votação no Sindicalizi (eleição de delegados e observadores) deverá ser solicitada no ato da inscrição conforme acima. Os(as) filiados que participaram e votaram na última assembleia realizada no dia 15 de agosto/2020, poderão fazer uso da mesma senha cadastrada na ocasião, sendo necessário apenas a solicitação a inscrição e solicitação do link de acesso à plataforma. Em caso de perda ou esquecimento, gentiliza solicitar novamente pelo e-mail acima mencionado ou telefones disponibilizados para dúvidas no dia da assembleia.
  • Para fins de credenciamento, serão considerados participantes todos aqueles que solicitaram e receberam o link de acesso à assembleia.
  • O acesso à plataforma Google Meet será liberado às 13h45 e encerrado às 14h45 do dia 19 de setembro/2020e o acesso deverá ser feito utilizando conta pessoal,com nome e sobrenome preferencialmente, para fins de identificação do participante.
  • O SITRAEMG encaminhará a todos os filiados(as) via e-mails cadastrados no sistema do Sindicato o link de acesso à plataforma Google Meet, no entanto a senha para votação no sistema Sindicalizi somente será enviada mediante solicitação prévia, conforme acima.
  • No dia da Assembleia, havendo dúvidas sobre acessos, poderão entrar em contato pelos telefones/whatsapp (31) 99658-2390 ou 97304-1777, a partir das 10 horas do dia 19/09.
  • Em caso de necessidade provenientes de limitações técnicas da plataforma Google Meet, a assembleia poderá ser transmitida pelo canal de Youtube do Sitraemg.

É vedada aos servidores não filiados votarem e serem votados na eleição para escolha de delegados e observadores que representarão a categoria na reunião ampliada da FENAJUFE.

Belo Horizonte, 15 de setembro de 2020.


Carlos Humberto Rodrigues

Célio Izidoro Rosa

Coordenadores Gerais

SITRAEMG realizará AGE virtual neste sábado (19) para deliberar sobre adesão à greve sanitária

Neste sábado, 19/09, o SITRAEMG convida os servidores para a Assembleia Geral Extraordinária virtual para deliberar sobre a adesão da categoria à greve sanitária que será realizada em âmbito nacional, com a proposta para que aqueles que estão sendo obrigados a retornar ao trabalho presencial se recusem a comparecer e continuem a executar suas tarefas de suas próprias casas, em regime de teletrabalho.

Outro ponto que será tratado na AGE é a Reforma Administrativa, mais um ataque do governo comandado pelo Banco Mundial, que não atinge apenas os servidores, mas também afeta negativamente a população. A exposição sobre o tema será feita por Vladimir Nepomuceno, servidor federal aposentado, assessor e consultor de entidades sindicais e sócio da Insight Soluções e Assessoria. Além disso, também serão passados informes das ações do SITRAEMG, Fenajufe, Frente de Sindicatos e movimentos em Minas.

Servidor(a), anote a data Assembleia Geral Extraordinária virtual na agenda. A sua participação é fundamental. O Edital de Convocação com o horário e mais detalhes da AGE será divulgado neste site, amanhã.

Confira os filiados eleitos para a Reunião Ampliada da Fenajufe

Neste sábado, 15/08, foi realizada a Assembleia Geral Extraordinária Virtual que teve como pauta a Eleição de representantes do SITRAEMG (9 delegados e 4 observadores) para a Reunião Ampliada da Fenajufe Extraordinária e Virtual, agendada para o dia 22 de agosto, das 9h às 18h, em plataforma a ser definida e encaminhada pela Federação, via e-mail e Whatsapp,  aos delegados e observadores eleitos.

A mesa virtual e inédita do SITRAEMG foi composta pelos coordenadores Carlos Humberto Rodrigues, Célio Izidoro Rosa e Adriana Mesquita. Também participaram da AGE virtual os coordenadores Artalide Lopes, Elimara Gaia, Henrique Olegário, Nestor Santiago e Wallace Marques.

O quórum contou com 76 participantes no total na sala virtual, incluindo 4 funcionários, e o coordenador Paulo José que, por problemas técnicos, estava acompanhando de outra forma e foi considerado presente pela assembleia.

As chapas inscritas foram: Chapa 1 – Vanguarda e a Chapa 2 – Integração. Após a apresentação dos candidatos, foi feita a votação online através do Sistema Sindicalize e os votos, assim que encerrados, foram computados automaticamente, às 17 horas. Na totalização automática dos votos, constatou-se que foram recebidos um total de 70 votos, sendo que a chapa Vanguarda recebeu 44 votos e a chapa Integração recebeu 26 votos. Foram constatadas 3 (três) abstenções. Confira ao final da página o resultado da votação.

A proclamação dos eleitos seguiu o critério da ordem numérica crescente. Feito o cálculo da proporcionalidade (de acordo com o estatuto da Fenajufe), a Vanguarda elegeu 6 delegados e a chapa Integração 3 delegados. Quanto aos observadores, a Vanguarda elegeu 3 observadores e a Integração 1 observador. Demais integrantes das chapas são considerados suplentes.

A Reunião Ampliada da Fenajufe do dia 22/08 terá a seguinte pauta “Plano de retorno presencial dos Tribunais e Procuradorias”. Haverá também um Debate de Conjuntura e informes dos Sindicatos e da Fenajufe.

VEJA O RESULTADO DA VOTAÇÃO:

Chapa Vanguarda:

Nome Completo Órgão
DELEGADOS
1 Lourivaldo Antônio Duarte JF
2 Édina Zulmira dos Santos JF
3 Luciana Tavares de Paula JF
4 Paulo José da Silva TRT
5 David Ernesto Landau Rubbo TRT
6 Marisa Campos Tomaz TRT
OBSERVADORES
7 Daniel Silva de Oliveira JF
8 Carlos Wagner Melo Franco TRT
9 Gérson Appenzeller (Chico Bento) JF
SUPLENTES
10 Lindon Johnson Antônio de Oliveira TRT
11 Isaac Raymundo de Lima JF
12 Jordana Neves Pereira TRT
13 Domingos Sávio Barbosa TRE

Chapa Integração:

Nome Completo Órgão
DELEGADOS
1 Elimara Cardoso Bernardes Gaia TRT
2 Adriana Maria de Souza Mesquita TRE
3 Wallace Marques Coelho TRF
OBSERVADORES
4 Antônio Oliveira Campos TRT
SUPLENTES
5 Maria Conceição da Cruz Ap-TRF
6 Artalide Alves Lopes Ap-TRT
7 Célio Izidoro Rosa TRT
8 Carlos Humberto Rodrigues TRF
9 Sônia Maria Peres de Oliveira Ap-TRT
10 Paula Drumond Meniconi TRT

Observe os passo a passos importantes para participação e votação na assembleia virtual

Foi publicado, na manhã desta quarta-feira (12/08), o Edital de Convocação para a Assembleia Geral Extraordinária virtual do SITRAEMG que será realizada no próximo sábado (15/08), a partir das 14 horas, para Eleição de até 09 (nove) delegados(as) e até 04 (quatro) observadores(as) para participarem da Reunião Ampliada da FENAJUFE Extraordinária e Vrtual agendada para 22 de agosto.

Confira, agora, alguns passo a passos importantes para participação e votação na AGE:

Assembleia Geral Extraordinária Virtual: neste sábado, dia 15 de agosto, 14h

Edital de Convocação – Assembleia Geral Extraordinária

O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais  – SITRAEMG – por meio de seus Coordenadores-Gerais abaixo qualificados, em conformidade com as previsões contidas nos Artigos 13 a 16 do Estatuto da Entidade e em consonância com o disposto na Lei Federal nº 14.010 de 10 de junho 2020, que dispõe sobre o Regime Jurídico Emergencial e Transitório das relações jurídicas de Direito Privado (RJET) no período da pandemia do coronavírus (Covid-19), convoca os filiados, servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Minas Gerais, para Assembleia Geral Extraordinária Virtual, no dia 15 de agosto de 2020, às 14 horas em primeira chamada, e às 14h30 em segunda e última chamada, a ser realizada na plataforma virtual Google Meet e votação, havendo mais de uma chapa concorrente, no sistema próprio do SITRAEMG (sitraemg.sindicalizi.com.br/loginassociado/loginporsenha, cujo acesso será por meio de senha a ser solicitada previamente conforme orientação abaixo), para deliberarem sobre a seguinte pauta:

  1. Eleição de até 09 (nove) delegados(as) e até 04 (quatro) observadores(as) para participarem da Reunião Ampliada da FENAJUFE Extraordinária e Vrtual (obedecendo critérios da convocatória da Federação), a ser realizada no dia 22 de agosto de 2020, de 9h às 18h, em plataforma a ser definida e encaminhada aos delegados e observadores eleitos pela Federação, via e-mail e Whatsapp. A eleição dos delegados(as) e observadores(as) será realizada pelo critério de proporcionalidade, por meio de inscrições prévias de chapas em formulário próprio (disponível para baixar AQUI) e encaminhadas para o e-mail secretariapolitica@sitraemg.org.br, até as 14 horas do dia 15 de agosto/2020, impreterivelmente. A proclamação dos eleitos seguirá o critério da ordem numérica crescente apresentada no formulário de inscrição das chapas, sendo os primeiros colocados eleitos delegados, seguidos dos observadores e demais como suplentes, sempre obedecendo o critério da proporcionalidade.

Com o propósito de assegurar a participação na assembleia, lisura e sigilo na votação, para acessar a plataforma Google Meet (local da AGE) e o Sistema Sindicalizi (local de votação, havendo mais de uma chapa concorrente – sitraemg.sindicalizi.com.br/loginassociado/loginporsenha) deverá o(a) filiado(a):

  1. Solicitar pelo-email igor@sitraemg.org.br até às 10 horas do dia 15 de agosto de 2020, o link de acesso à plataforma Google Meet (local da assembleia) e senha do Sistema Sindicalizi (local da votação). Imprescindível informar nome completo e CPF.
  2. O link para acesso à plataforma e a senha do(a) filiado(a) para acesso ao sistema Sindicalizi serão encaminhados ao solicitante pelo mesmo e-mail utilizado para fazer a solicitação.
  3. Para fins de credenciamento, serão considerados participantes todos aqueles que solicitaram e receberam o link e senha do sistema.
  4. O acesso à plataforma Google Meet será liberado às 14h e encerrado às 14h45 do dia 15 de agosto/2020.
  5. No dia da Assembleia, havendo dúvidas sobre acessos, senhas, votação, o(a) filiado(a) poderá entrar em contato pelos telefones/whatsapp (31) 99658-2390 ou 99421-0375, a partir das 10 horas.
  6. O SITRAEMG encaminhará a todos os filiados(as) via e-mails cadastrados no sistema do Sindicato o link de acesso à plataforma Google Meet, no entanto a senha para votação no sistema Sindicalizi somente será enviada mediante solicitação prévia, conforme acima.
  7. Em caso de necessidade provenientes de limitações técnicas da plataforma Google Meet, a assembleia poderá ser transmitida pelo canal de Youtube do Sitraemg ficando condicionada a votação, por parte dos interessados, mediante a solicitação da senha por meio do whatsapp (31) 99658-2390 ou 99421-0375, informando nome completo e CPF.

Belo Horizonte, 12 de agosto de 2020.

 

Carlos Humberto Rodrigues

Célio Izidoro Rosa

Coordenadores Gerais

 

Veja algumas recomendações importantes para participar da AGE virtual

  1. O(a) filiado(a) deverá ter conta no Google, que dará acesso à plataforma Google Meet.
  2. O resultado da eleição será gerado automaticamente pelo sistema, ao final da votação.
  3. Caso os membros das chapas a serem inscritas queiram, podem indicar filiados – preferencialmente de Belo Horizonte – para acompanharem a totalização dos votos na sede do Sindicato (Rua Euclides da Cunha, 14, Prado, Belo Horizonte-MG), com os devidos cuidados para evitar aglomerações.

Assembleia Geral Extraordinária – Dia 15/02/2020 – Compareça!

“Edital de Convocação – Assembleia Geral Extraordinária

 O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais – SITRAEMG – por meio de seus Coordenadores gerais abaixo qualificados, em conformidade com as previsões contidas nos Artigos 13 a 16 do Estatuto da Entidade, convocam os filiados, servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Minas Gerais, para Assembleia Geral Extraordinária no dia 15 de fevereiro de 2020, às 9h30 em primeira chamada, e às 10h em segunda e última chamada, a ser realizada no Hotel Normandy, localizado na Rua Tamoios, 212, Centro, em Belo Horizonte, para deliberarem sobre a seguinte pauta:

  1. Adesão à Greve Geral convocada por entidades diversas para o dia 18 de março de 2020.
  2. Eleição de até 09 (nove) delegados(as) e até 04 (quatro) observadores(as) para a participarem da Reunião Ampliada da Fenajufe (obedecendo critérios da convocatória da Federação), a ser realizada no dia 7 de março de 2020, em Brasília, em local a definir. A eleição dos delegados(as) e observadores(as) será realizada pelo critério de proporcionalidade, por meio de inscrições prévias de chapas em formulário próprio (disponível para baixar neste link) ou na Secretaria do Sindicato, até as 9h30 do dia 15 de fevereiro na Secretaria do evento, no local da Assembleia acima indicado. A proclamação dos eleitos seguirá o critério da ordem numérica crescente apresentada no formulário de inscrição das chapas, sendo os primeiros colocados eleitos delegados, seguidos dos observadores e demais como suplentes, sempre obedecendo o critério da proporcionalidade. Imprescindível a presença de todos os candidatos e candidatas na assembleia, bem como a assinatura na lista de presença.

 Belo Horizonte, 6 de fevereiro de 2020.

 Carlos Humberto Rodrigues
Célio Izidoro Rosa
Coordenadores Gerais”

AVISO: hospedagem e transporte para filiados do interior

Como é de praxe no caso de assembleias, o Sindicato reembolsará os valores referentes às despesas de transporte para o deslocamento dos filiados que vierem do interior, desde que apresentem, posteriormente, o documento da passagem de ônibus ou recibo das despesas de combustível para os que fizerem a viagem de carro. Terão direito também a hospedagem – nesse caso, deverão entrar em contato com o Sindicato previamente por meio do telefone (31) 4501-1545 (falar com a funcionária Cássia) ou pelo e-mail cassiam@sitraemg.org.br, informando o nome completo e o número do celular.

SITRAEMG convida para AGE e Encontro Regional em Belo Horizonte

Vamos nos preparar para a Greve Geral

O SITRAEMG reforça a todos os seus filiados a convocação para a Assembleia Geral Extraordinária e o Encontro Regional que serão realizados no próximo dia 15 de fevereiro (sábado), no Hotel Normandy, em Belo Horizonte. Mais detalhes AQUI.

Motivos não faltam para você se mobilizar:

NÃO IMPORTA EM QUEM VOCÊ VOTOU.
MEXEU EM NOSSOS DIREITOS?
TEMOS QUE REAGIR.

Veja o que o governo reserva ao serviço público, servidores e demais trabalhadores

PEC Emergencial – PEC 186/2019

  • Veda a promoção de servidores;
  • Impede reajustes, criação de cargos, reestruturação de carreiras, concursos, criação de verbas indenizatórias;
  • Possibilidade de redução de jornada em 25% e de salários proporcionalmente de servidores com impactos negativos nos orçamentos familiares;
  • Suspende a criação de despesas obrigatórias e de benefícios tributários;
  • Proíbe o aumento real para o salário mínimo.

PEC do Pacto Federativo – PEC 188/2019

  • O “Teto dos Gastos” passa a valer para estados e municípios;
  • Os mínimos estabelecidos para saúde e educação podem ser usados de um setor no outro, discricionariamente, facilitação a manipulação e redução dos recursos;
  • Abre a possibilidade de retirar da folha de pessoal os gastos com os servidores inativos e incluí-los nas despesas de saúde e educação;
  • Desindexação de despesas obrigatórias, como salários dos servidores;
  • Veto ao uso de recursos de fundo de pensão e de depósitos judiciais para pagamento de despesas;
  • Criação de Conselho Fiscal da República para avaliar periodicamente a situação financeira dos estados (contraria o princípio da independência entre os poderes).

PEC dos Fundos Públicos – PEC 187/2019

  • Extingue os fundos públicos, redirecionando os recursos para, por exemplo, o pagamento da dívida pública, que já consome metade do orçamento da União.

MP do “Emprego Verde Amarelo” – MP 905/2019

  • Cria nova forma de contrato de trabalho que amplia a retirada de direitos dos trabalhadores e enfraquece a atuação da Justiça do Trabalho e Ministério Público do Trabalho, praticamente restaurando de vez a escravidão no país.

Extinção da Justiça do trabalho

  • Deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC/SC) busca as 171 assinaturas de colegas necessárias para tramitação de PEC de sua autoria que transfere as atribuições da Justiça do Trabalho para a Justiça Federal. Consequências: redução drástica do quadro, com possíveis exonerações.

Reforma Administrativa

  • O governo enviará nos próximos dias ao Congresso sua proposta de Reforma Administrativa que promoverá redução de rendimentos iniciais dos servidores, aproximação dos salários aos praticados pelo setor privado e aplicação efetiva de avaliação de desempenho para progressão de carreira. Essa reforma selará de vez o fim do serviço público e dos direitos dos servidores.

Recado do SITRAEMG aos diretores de base e demais filiados do interior

O SITRAEMG orienta seus diretores de base do interior a, juntamente com os colegas dos seus respectivos locais de trabalho, elaborarem propostas em defesa dos direitos sociais e da Justiça do Trabalho e enviarem-nas pelo e-mail comunicacao@sitraemg.org.br), até as 10 horas da manhã de quarta-feira (27/11). Elas serão incluídas no rol de propostas a serem debatidas e definidas na assembleia geral extraordinária (AGE) que será realizada na mesma data (durante o ato convocado para o período das 12h30 às 14h, em frente ao prédio do TRT da Rua Mato Grosso, 468, Barro Preto, Belo Horizonte), para serem levadas pelos filiados que representarão o Sindicato nos debates da reunião da Direção da Fenajufe com os sindicatos de sua base marcada para o dia 07/12/2019, em Brasília (DF).

 

Dia 27/11 (quarta-feira) tem Ato e AGE, às 12h30, em frente ao TRT da Mato Grosso em BH

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Assembleia Geral Extraordinária

Em conformidade com as previsões contidas nos artigos 13 ao 16 do Estatuto do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais – SITRAEMG – os Coordenadores Gerais desta Entidade convocam os servidores do Poder Judiciário Federal de Minas Gerais para Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se no dia 27 de novembro de 2019 (quarta-feira), às 13h, em primeira chamada, e 13h30 em segunda chamada, com concentração às 12h30, em frente ao prédio do TRT da Rua Mato Grosso, 468, bairro Barro Preto, em Belo Horizonte, para deliberar sobre a seguinte pauta: 1) Construção de propostas de ações que possam ser realizadas efetivamente em defesa dos direitos sociais e da Justiça do Trabalho, e definição de calendário de mobilização com indicativo até mesmo de paralisações; 2) Eleição de um representante de Minas Gerais para a reunião ampliada da Direção da FENAJUFE com os sindicatos de sua base, marcada para o dia 07/12/2019, em Brasília (DF).

Belo Horizonte, 22 de novembro de 2019.

Carlos Humberto Rodrigues

Célio Izidoro Rosa

Igor Yagelovic

(Coordenadores Gerais)

Detalhes importantes para filiados do interior

Para os filiados que residam fora de Belo Horizonte e queiram participar do seminário, o Sindicato arcará com as despesas de transporte (mediante reembolso posterior dos recibos dos tickets de ônibus ou NF de abastecimento, sendo 1 litro para cada 8 km rodados) e hospedagem em hotel da capital, sendo imprescindível confirmação prévia de presença (pelo e-mail margareth@sitraemg.org.br) e cancelamento, no caso de desistência, no mínimo de 24h antes do ckeck-in.

Com o objetivo de melhor organização no hotel, as inscrições devem ser feitas pelo e-mail acima indicado (margareth@sitraemg.org.br), até o dia 25/11/2019,  devendo o(a) filiado(a) informar o nome completo, cidade e órgão em que é lotado(a) e número do telefone.

Sobre a reunião ampliada da Fenajufe de 7 de dezembro

A reunião ampliada da Fenajufe, que também está sendo chamada de “ampliadinha”, por envolver apenas a Direção da Federação e um único representante de cada sindicato de base, será realizada no dia 7 de dezembro, em Brasília (DF), em local ainda a ser confirmado.

A “ampliadinha” (confira AQUI a íntegra da convocatória) terá a seguinte pauta: 1) Informes das assembleias; 2) Discussão das PECs contra os servidores (as) e serviço público; 3) Lançamento de campanha publicitária em defesa dos(as) servidores(as) e do serviço público nas redes sociais e em outros meios de comunicação; 4) Encaminhamentos e calendário de lutas.

 

 

 

Servidores do PJU mineiro deliberam por adesão à Greve Geral no dia 14/06 contra a Reforma da Previdência

Adesão à Greve Geral no dia 14/06 contra a Reforma da Previdência. Essa foi a decisão tomada, por unanimidade, em Assembleia Geral Extraordinária, na manhã deste sábado, 1º de junho, no Dayrell Hotel & Centro de Convenções, em Belo Horizonte. Estiveram presentes os coordenadores Carlos Humberto Rodrigues, Célio Izidoro, Paulo José da Silva, Nestor Santiago, Hélio Ferreira Diogo e Elimara Gaia, os membros do Conselho fiscal Áurea Pereira, Paula Meniconi, Isaac de Lima e Lindon Johnson Oliveira, Wallace Marques e filiados.

IMG_8897

Na abertura da AGE, Célio Izidoro ressaltou que o movimento sindical, diante do retrocesso da PEC 6/2019, tem que se mobilizar contra a Reforma da Previdência. Já Carlos Humberto falou sobre o trabalho realizado pelo Sindicato, em Brasília: “a luta no Congresso Nacional é árdua. Tentamos convencer e alertar os parlamentares sobre a realidade do servidor público nas questões pertinentes as reformas. A PEC 6/2019 é a pior de todas em relação à retirada de direitos dos trabalhadores.”

Paulo José destacou a Campanha do SITRAEMG contra a Reforma da Previdência. “Distribuímos cartilhas; temos outdoors em BH, região metropolitana e cidades do interior e veiculação de mensagens na Rádio Itatiaia para instruirmos a população”, disse.

Para Nestor Santiago, neste momento, não importa em quem votou ou qual partido apoia: “não podemos construir muros, mas sim criarmos pontes pelos nossos direitos, e a categoria deve estar unida e aderir a greve e as demais iniciativas contra a PEC 6/2019.”

Elimara Gaia destacou que é feito um trabalho em Divinópolis para alertar sobre as ameaças do governo. Já a filiada e servidora do TRT de Juiz de Fora, Daiane Silveira, ressalta: “esse momento é crucial para o fortalecimento da nossa categoria e mostrar solidariedade com as demais categorias, que também serão impactadas negativamente pelas medidas que podem ser implementadas por meio da Reforma da Previdência”.

Após a AGE, no mesmo local, aconteceu uma Assembleia Geral Ordinária (AGO) para deliberarem sobre “Exame, discussão e deliberação das contas da Diretoria, gestão 2017/2020, relativo ao ano de 2018” e “Apreciação e deliberação do Plano Orçamentário de 2019”.

A prestação de contas foi apresentada pelo contador do Sindicato, Haroldo Rocha. Os filiados presentes aprovaram o parecer do Conselho Fiscal, que recomendava a aprovação das contas da Diretoria Executiva, relativas ao ano passado, e o Plano Orçamentário para o exercício deste ano.

O SITRAEMG dará os encaminhamentos legais junto aos Tribunais para comunicar a adesão à greve. Em breve, iremos disponibilizar no site do Sindicato a prestação de contas relativo a 2018 e o plano orçamentário de 2019.

Veja as fotos no álbum abaixo:

AGE e AGO

Auditório cheio e clima de tranquilidade marcam eleição de representantes do SITRAEMG para o 10º Congrejufe

Em assembleia geral extraordinária ocorrida na manhã deste sábado (23/03), no Dayrell Hotel & Centro de Convenções, em Belo Horizonte, com auditório repleto e em clima de total tranquilidade, os filiados do SITRAEMG elegeram os 47 delegados e 23 observadores para o 10° Congrejufe (Congresso Nacional da Fenajufe). Antes do início da assembleia, houver apresentação do Coral do SITRAEMG Acordo & Acordes, sobre a regência do maestro Felipe Magalhães.

IMG_6946
Apresentação do Coral do SITRAEMG – Fotos: Gil Carlos

Conforme previsto no edital de convocação, a eleição se deu pelo critério de proporcionalidade, sendo proclamados eleitos os primeiros colocados nas chapas, de acordo com a ordem numérica crescente apresentada no formulário de inscrição e o número de votos recebidos por cada uma das chapas. Os primeiros colocados foram escolhidos como delegados e os colocados na sequência como observadores.

IMG_6958
Mesa composta pelos coordenadores Célio Izidoro, Artalide Lopes, Carlos Humberto Rodrigues, Gilson Martins e Walace Marques

Dos 263 filiados presentes, 256 votaram, quatro deixaram de votar, outros dois devolveram seus crachás e se retiraram da AGE antes de iniciar a votação. Houve, ainda, um voto em branco. O final do processo de votação e apuração, conduzido pelos filiados Adriana Araújo (JF/BH), Agnaldo Neves (JF/São João Del Rey), Rogério Rodrigues Pinheiro (TRT/Governador Valadares) e Sandro Brum (TRE/Lagoa Santa), apontou o seguinte resultado: Chapa 1 (Unefenajufe), 40 votos; Chapa 2 (Nenhum direito a menos), 10 votos; Chapa 3 (Vanguarda), 150 votos; Chapa 4 (Liberta SITRAEMG), 52 votos; e Chapa 5 (Chapa Solo), 04 votos.

IMG_7042
Comissão responsável pela condução da votação e apuração – Rogério Rodrigues Pinheiro e Agnaldo Neves (em pé), e Adriana Araújo e Sandro Brum (assentados), além do coordenador do SITRAEMG Gilson Martins, condutor da mesa

Feitas as contas da proporcionalidade, foram eleitos para representar o Sindicato no 10º Congrejufe: Chapa 1 (Unefenajufe), 08 delegados e 04 observadores; Chapa 2 (Nenhum direito a menos), 01 delegado; Chapa 3 (Vanguarda), 28 delegados e 14 observadores; Chapa 4 (Liberta SITRAEMG), 10 delegados e 05 observadores; e Chapa 5 (Chapa Solo), o membro único não foi eleito. Os demais integrantes das chapas não classificados como delegados ou observadores ficam como suplentes, podendo ser chamados, seguindo também o critério da proporcionalidade, caso haja desistências.

  • CLIQUE AQUI PARA VER O RESULTADO COMPLETO DA VOTAÇÃO
IMG_7039
Grande filia se formando para a votação

Depois da proclamação dos eleitos, o coordenador geral do SITRAEMG Carlos Humberto Rodrigues, que conduziu a mesa ao lado dos também coordenadores Célio Izidoro Rosa, Walace Marques, Artalide Lopes e Gilson Martins de Melo, salientou que o fator inadimplência como filiado também é um dos critérios de exclusão do rol de eleitos. Também estiveram presentes os coordenadores Igor Yagelovic, Elimara Cardoso Gaia, Hélio Ferreira Diogo, Nestor Santiago, Adriana Mesquita, Paulo José da Silva, Dirceu José dos Santos, Sandro Luis Pacheco, Fernando Guetti e Olavo Antônio Oliveira, além dos conselheiros fiscais Áurea Maria Parreira, Isaac Raymundo de Lima, Paula Drumond Meniconi e Lindon Johnson Antônio de Oliveira.

 

Pauta do 10º Congrejufe

O 10º Congresso Nacional da Fenajufe será realizado no período de 27 de abril a 1º de maio próximo, em Águas de Lindoia (SP). Ainda não foi divulgada a programação do evento, que terá a seguinte pauta:  Regimento interno e análise de recursos; Conjuntura nacional e internacional; Balanço da gestão e atuação da Fenajufe; Eleição da comissão eleitoral; Prestação de contas; Plano de lutas; Alteração estatutária e organização Sindical; Regimento eleitoral; Eleição da diretoria executiva e do conselho fiscal; Políticas permanentes.

Luta contra a Reforma da Previdência, em defesa da Justiça do Trabalho, pela data-base, pela manutenção dos direitos e pela união da categoria serão alguns dos muitos pontos que representantes do SITRAEMG defenderão no evento nacional, conforme disseram hoje membros das chapas ao se apresentarem como candidatos.

Mais fotos

IMG_7021

IMG_6960

IMG_7005

IMG_7049

IMG_7062

IMG_7012
Chapa 1 – Unifenajufe

IMG_7016

Chapa 2 – Nenhum direito a menos

 

IMG_7023
Chapa 3 – Vanguarda

 

IMG_7029
Chapa 4 – Liberta SITRAEMG

 

IMG_7035
Chapa 5 – Chapa Solo (Igor Yagelovic)